DICAS | TECNICAS | EXPERIENCIAS | NOVIDADES

sábado, 31 de agosto de 2013

Como tratar fotos de crianças?

Após uma longa sequência de post's "Falando de Lightroom" vamos dar uma respirada atendendo a mais um pedido pelo face: Como tratar fotos de crianças?
Pode parecer algo simples, mas muitos pecam por não transmitir tal simplicidade e sutileza que está dentro de uma criança. Desde o momento do click até o tratamento, devemos estar atentos à não perdemos aquilo que as crianças tem de mais importante: sua pureza.

Então aqui vai algumas dicas que utilizo como regras para meu trabalho ;)

# Dica 1: Olhos


"Os olhos são as janelas para a alma"
                            Edgar Allan Poe

Preciso dizer mais alguma coisa? A frase de Poe resume tudo, e não existe outra janela melhor para mostrar a pureza das crianças.


Mas temos de tomar cuidado, precisamos realçar o olhar e não transformar a criança em um vampiro ou um gato no meio da noite.

# Dica 2: Pele | Textura

Algumas semanas atrás fui visitar alguns parentes, então vi algo que me deixou revoltada, um pôster recente com várias fotos de uma pequetucha de 2 anos, onde a pele da menina parecia um acúmulo de camadas de Gaussian Blur!
Acredito que uma das melhores coisas em ser mãe é guardar as fases em que seu filho passou, a transformação da pele escamada de um recém-nascido à maciez da sua infância, as primeiras casquinhas de machucados e espinhas da pré-adolescência!


A fotografia ajuda a guardar o desenvolvimento de seu filho, então não temos o direito de acabar com essas lembranças simplesmente passando uma pasta no Photoshop!
A minha maior regra para tratamento de pele é: não apagar a identidade da pessoa, seja cicatriz, verruga ou mancha de nascença ou adquirida pelo longo da vida, por mais que o cliente insista.
Imaginem se eu retirasse minha pinta do pescoço?! Eu iria dizer: Essa não sou eu!!!


Podemos interferir em casos sutis como uma picada de mosquito, algo momentâneo, mas sempre respeitar a textura da pele e sua estória de vida.

# Dica 3: Cor

Criança é vida! Então nada mais óbvio que valorizar as cores ao seu redor.


Com bom senso vale a pena dar uma puxada na vibração ou saturação das fotos.

# Dica 4: Pele | Cor

Assim como a textura, não podemos esquecer da cor da pele. Com a onda de presets do Lr e filtros do Instagram, não podemos transformar a criança em: Shrek, Smurf, Minion ou Barney!
Estamos falando de crianças e não de personagens coloridos para atraí-las, então, devemos tomar cuidado na hora de escolher os efeitos.


Esta é uma ótima foto para exemplo, aqui apliquei um efeito sutil, levando a tonalidade geral da foto para palha com temperatura quente, respeitando a cor  de pele destacando-a do fundo.

# Dica 5: Luz

Toda criança traz consigo um brilho, seja ele no olhar ou no sorriso, cabe a nós destacar essa qualidade.


Aumente um pouco os níveis de branco e realce, isso irá passar a energia dos pequenos.

Espero que tenham gostado, e mais que isso, quero ouvir as suas dicas!
Pra você o que mais é importante no tratamento de fotos infantis ? Bjoks

3 comentários:

  1. legal... eu também não gosto de peles sem textura principalmente de criança... E gosto das fotos mais clara e contrastadas... eu uso pouquissimo de tratamento em foto infantil... :)

    ResponderExcluir